Lições sobre aprendizagem com o brasileiro campeão de Olimpíadas de Ciências

O que o brasileiro de 17 anos que gan­hou na Estô­nia a medalha de ouro na Olimpíada Inter­na­cional de Física, a prata na Olimpíada Inter­na­cional de Lin­guís­tica, na Eslovê­nia, e no Rio, a prata na Olimpíada Inter­na­cional de Astrono­mia tem para ensi­nar sobre o processo de aprendizado.

Em Agosto deste ano a Folha de São Paulo pub­li­cou uma matéria sobre Ivan Tadeu Fer­reira Antunes Filho, após gan­har os prêmios acima men­ciona­dos falou sobre sua estraté­gia de aprendizagem:

Ivan não se acha super­do­tado. “Qual­quer pes­soa que se dedique como eu con­seguirá resul­ta­dos iguais.” A memória tam­bém não é excep­cional. “Cos­tumo esque­cer os nomes das pessoas.”

O seg­redo do sucesso? “Ser um campeão olímpico depende de curiosi­dade, plane­ja­mento, inter­esse e ded­i­cação ver­dadeira”, afirma.

Atual­mente existe muita dis­cussão sobre quais seriam as for­mas mais efi­cazes de ensino, se os MOOCs sub­sti­tuirão as Uni­ver­si­dades, se o futuro do ensino básico é a tal sala-de-aula inver­tida, etc. Mas muitas vezes o debate perde de vista o fato de que cada pes­soa tem uma forma difer­ente de apren­der e que a única forma de ser efi­caz é ofer­e­cendo difer­entes meios de aprendizado.

“Ou são pes­soas que pen­sam que se dedicam, mas não se dedicam tanto, ou se dedicam usando estraté­gias de apren­dizado inadequadas.”

Ele dá um exem­plo de “estraté­gia inad­e­quada”. Durante o treina­mento para a Olimpíada de Lin­guís­tica, Ivan perce­beu que estava estag­nado. “Os pro­fes­sores diziam que dev­eríamos con­hecer as teo­rias antes, mas para mim não funcionou.”

Em vez de desi­s­tir, o jovem criou seu próprio método. “Para mim, foi muito mel­hor fazer as provas pas­sadas, lendo a res­olução e ano­tando todos os pon­tos importantes.”

A lição que extraiu: “Exis­tem estraté­gias que fun­cionam para algu­mas pes­soas, e out­ras que fun­cionam para out­ras. Você tem de desco­brir a que fun­ciona para você”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>